Robô Tartaruga Marinha está em desenvolvimento

Todo mundo já pensou como seria legal ter um robô. Mas que tipo de robô você teria? Um cachorro, um gato? Que tal uma tartaruga marinha?

A empresa suíça ETH Zurich está tentando tornar isso realidade, criando um robô inspirado em uma tartaruga marinha, chamada de Naro-Tartaruga.

A tartaruga foi escolhida como modelo devido a sua excelente hidrodinâmica. O objetivo deste robô autônomo (ou seja, ele se locomove independentemente, sem ninguém o controlando) é levar pequenas cargas em seu casco. A princípio só é necessário possível programar seu destino e colocar a carga a ser enviada que ele cuidaria de todo o resto, podendo nadar por grandes distâncias. Graças ao seu formato, existe espaço suficiente não só para a carga como também para todos os sensores e componentes da Naro-Tartaruga.

E não pense que só porque é um robô que ele é desengonçado. A Naro-Taratura atinge velocidades de 7 nós (12 km/h), que é bem mais rápido que uma Tartaruga Marinha de verdade (que já nada bastante rápido, por acaso). Todas as 4 nadadeiras são independentes e possuem um sistema de rotação tridimensional, o que permite alta velocidade e manobrabilidade.

A ETH Zurich pretende tornar esse robô viável comercialmente, de modo que qualquer pessoa com algum dinheiro possa ser capaz de compra-lo.

Infelizmente ainda não há data de lançamento, nem preço revelado, mas a empresa espera que ela seja lançada dentro de alguns anos no mercado.

Alan Motta Cardoso
Alan Motta Cardoso
Tem Mestrado em Biologia Marinha mas atualmente trabalha com games e tecnologia. Pode isso, Arnaldo?
Recommended Posts
Showing 2 comments

Leave a Comment