Embraer paga multa milionária para Microsoft por usar Windows pirata

A Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A.) fez um acordo milionário com a Microsoft por ter usado Windows pirata.

Há cerca de um ano, a empresa foi flagrada utilizando versões piratas do sistema operacional em sua sede de Washington, nos Estados Unidos. Apesar de não ter sido processada, a Embraer conseguiu chegar num acordo com a empresa fundada por Bill Gates.

Estima-se que o valor está em cerca de 10 milhões de dólares (20 milhões de reais), mas ele pode ser bem mais alto. Só para se ter noção, a Embraer faturou 697,8 milhões de reais em 2012 (lucro líquido).

E ainda bem que ela não foi processada, porque a coisa ia ser feia. A Microsoft denunciou a empresa à Procuradoria Geral de Washington, que aprovou em 2011 o “Unfair Competition Act”, lei que pune severamente empresas que utilizam softwares pirateados, proibindo permanentemente essas empresas de fazer negócios em seu território.

Se ela fosse condenada, a Embraer teria que não só pagar uma multa muito maior que o valor do acordo como seria proibida de vender aviões em possivelmente 37 dos 50 estados dos EUA. (!!!)

A Embraer nega tudo e diz que nunca utilizou nenhum software pirata. Sei, vou acreditar. E qual é? Os caras ganham uma fortuna, nem tem desculpa de falta de dinheiro para utilizarem programas piratas. Tinha que ser HUE tocando o terror nos exterior. XD

Alan Motta Cardoso
Alan Motta Cardoso
Tem Mestrado em Biologia Marinha mas atualmente trabalha com games e tecnologia. Pode isso, Arnaldo?
Recommended Posts

Comentários

Loading Facebook Comments ...
Showing 5 comments

Leave a Comment