Pen drive é encontrado em terreno após cinco anos com todo seu conteúdo intacto

Tá aí mais uma história um tanto quanto curiosa, e que aconteceu aqui no Brasil!

Em 2008, o policial militar Eduardo Camacho fez uma grande festa para celebrar seus 30 anos de vida. Para isso ele convidou seus melhores amigos que moravam em Ourinhos, no interior de São Paulo, e, claro, tirou muitas fotos para guardar de lembrança.  As imagens então foram salvas posteriormente em um pen drive, como de costume. O problema é que Eduardo simplesmente perdeu o pen drive com todas as fotos pouco tempo depois da festa!

Mas o que ninguém sabia é que o pen drive tinha ido parar debaixo de uma bananeira, no sítio do pai de Eduardo, onde produto ficou perdido, exposto a chuva, sol e efeitos climáticos, durante cinco anos! Isso mesmo, cinco anos. Só após esse período, enquanto Eduardo e o pai retiravam as bananeiras que haviam sido derrubadas durante uma tempestade, que o pen drive foi encontrado. Para a surpresa de todos, todo o conteúdo estava totalmente intacto.

“Quando eu limpei o contato e o conectei ao computador, vi que as fotos estavam todas lá!”, relata Eduardo. “Foi uma grande emoção recuperar as fotos, foi um momento especial que eu acreditei que estava perdido”, completa.

E bom, é por isso que eu sempre digo que as memórias de armazenamento baseadas em flash são as melhores e mais confiáveis. Eu mesmo já tive um pen drive que foi lavado junto com uma calça e ficou intacto também, hehe.

Claro, não é recomendado colocar o pequeno aparelho em uma condição tão extrema, e nem é garantido que os dados ainda fiquem lá, mas é interessante ver o poder de resistência da memória flash. Como um pen drive não possui partes mecânicas, sendo apenas elétrico, as chances de sobrevivência do dispositivo são altas.

Agora vai tentar fazer isso com um HD ou DVD para ver se os dados ainda estarão lá após 5 anos. Com certeza não. XD

Alan Motta Cardoso
Alan Motta Cardoso
Tem Mestrado em Biologia Marinha mas atualmente trabalha com games e tecnologia. Pode isso, Arnaldo?
Recommended Posts

Comentários

Loading Facebook Comments ...
Showing 4 comments

Leave a Comment