Candy Crush – Saiba por quê é viciante

Imagem: Reprodução/Internet

Imagem: Reprodução/Internet

Candy Crush foi lançado há um ano atrás e desde então, foi baixado 151 bilhões de vezes. Com esse feito, ele se tornou o primeiro jogo a ficar em primeiro lugar no iOS, Android e Facebook, ao mesmo tempo. Esse joguinho colorido e com uma trilha sonora irritante infantil é tão viciante que alguns jogadores relatam ter esquecido de buscar os filhos na escola, abandonado os serviços de casa e até mesmo, pasme, ferido a si mesmos por não conseguir alcançar novas fases. Sentiu o poder do Candy Crush?

Segundo a empresa criadora do jogo, a King, a cada 23 usuários do facebook, 1 é jogador do Candy Crush. Por mais que o jogo seja gratuito, ele insinua que você compre diversos itens para turbinar a sua subida de levels, a estratégia vem dando tão certo que de acordo com estimativas, que o jogo fatura $875,382 por dia – em comparação, outro game viciante, o Angry Bird, fatura diariamente o valor estimado em $6,381.

Uma pesquisa encomendada pela Ask Your Target Market, entrevisou 1,000 jogadores e concluiu que 32% deles ignoram amigos e família para jogar Candy Crush, 28% jogam durante o trabalho, 10% entram em discussões quando são criticados por gastarem muito do seu tempo no jogo e, finalmente, 30% admitem que estão viciados. Se existem tantos jogos legais por aí, por que ficamos viciados somente nesse jogo?

O jornal The New York Times perguntou ao designer Tommy Palm, um dos integrantes da equipe da King, o que torna o Candy Crush tão viciante. A partir desta conversa foram criadas cinco razões para que o game seja tão irresistível:

  1. Ele te faz esperar: Você tem cinco chances (vidas), mas assim que você perde estas cinco oportunidades é preciso esperar 30 minutos para continuar a jogar. A menos que você seja impaciente, aí você pode pagar para voltar ao jogo – o que traz muito lucro para os desenvolvedores.
  2. Nós adoramos ser motivados: Você enfileirou quatro doces iguais e eles “plim!” se tornaram uma grande explosão que vai acertando mais doces! Enquanto isso, sua pontuação aumenta e você sente muito bem. No fim, palavras aparecem em sua tela acompanhadas por uma voz que diz: “Sweet” ou “Delicious”. Essa resposta, funciona como motivação para o jogador, é uma técnica de imersão. De acordo com especialistas, a recompensa positiva é o maior causador de vícios.
  3. Você pode jogar com uma mão: Parece preguiçoso e é. De acordo com Palm, o jogo foi criado com a intenção de que fosse multitarefa, ou seja, enquanto você bate com o pirulito em um doce, em sua outra mão está um copo de bebida, ou até mesmo um pirulito de verdade! Essa é uma das grandes vantagens do jogo, pois permite que você possa usá-lo como distração em longas viagens de ônibus, trem, metrô…
  4. Sempre tem mais: De acordo com Palm, a equipe de desenvolvedores criam uma fase nova a cada duas semanas. Até agora, o game possui 544 fases. O que significa que nem tão cedo você vai zerar este jogo, champz.
  5. Você não precisa pagar – mas se quiser, é fácil: De acordo com o relatório da King, os jogadores que estão no último level – 544 – não pagaram um centavo para chegar até lá. Mas caso você queira chegar mais rápido ao fim do jogo, é muito fácil. Está conectado ao facebook ou a app store? Clique para pagar.

Adaptação do texto publicado originalmente no The New York Times

Julia Ourique Medici
Julia Ourique Medici
Júlia Ourique Medici é estudante de jornalismo, viciada em tecnologia, games e cultura. Mas como a área da comunicação é vasta e com empregos de sobra, sabe sapatear, tocar violão e colocar piso.
Recommended Posts

Comentários

Loading Facebook Comments ...
Comments

Leave a Comment