Conheça a revolucionária técnica de pintura hidrográfica

Normalmente quando uma pessoa quer pintar um objeto com desenhos complexos ou elaborados ela tem que escolher um dos dois caminhos: pintura à mão ou envelopamento (cobrir o objeto com adesivo).

Mas bom, o que muita gente não sabe é que existe uma outra técnica muito interessante ainda pouco utilizada chamada de pintura hidrográfica (water transfer printing), em que uma película contendo o desenho ou estampa desejado é colocado em um líquido especial que ao entrar em contato com a peça tem a tinta transferida quase automaticamente.

Explicando um pouco melhor a técnica, essa película é solúvel em água e dissolve em contato com o líquido presente no tanque. Depois de ser dissolvida, ela fica boiando na superfície do líquido. O objeto a ser pintado recebe um pintura base para que a tinta dessa película seja aderida, com isso é só imergir o objeto com cuidado que a pitura é feita! Por fim um verniz é aplicado só para manter a durabilidade da pintura. Pura química! ;-)

Essa técnica não é nova, apesar de ainda ser incomum, principalmente devido ao seu preço que ainda é muito elevado (dependendo do tamanho da peça, a pintura pode custar de 1500 a 15 mil reais). A princípio qualquer tipo de objeto que possa ser imerso em água pode ser pintado dessa forma, como plásticos, metais, fibra de vidro, cerâmica e etc, sendo muito utilizada no ramo de tuning e personalização de veículos.

Confira abaixo um vídeo mostrando toda a “magia” da pintura hidrográfica. É de derrubar o queixo!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on RedditPin on PinterestShare on TumblrEmail this to someoneDigg thisShare on VKFlattr the authorPrint this page
Alan Motta Cardoso
Alan Motta Cardoso
Tem Mestrado em Biologia Marinha mas atualmente trabalha com games e tecnologia. Pode isso, Arnaldo?
Recommended Posts

Comentários

Loading Facebook Comments ...
Showing 2 comments

Leave a Comment