Nokia anuncia seus primeiros smartphones com Android

Quem conhece o TECNOetc de longa data sabe que eu vivo falando que a Nokia deveria deixar um pouco do orgulho de lado e investir na plataforma Android também. Finalmente então a Nokia mudou de ideia e decidiu lançar seu primeiro aparelho com o sistema da Google!

Anunciada na MWC 2014 (Mobile World Congress 2014), a série Nokia X trás três novos aparelhos para o portfólio da empresa: X, X+ e XL. Mas para ser sincero, não sei se é algo para se animar muito. Digo isso porque todos eles vem com Android 4.4 KitKat, mas a interface do sistema foi totalmente modificada a ponto de nem parecer mais Android. Ele ficou bem semelhante ao Windows Phone, inclusive. E isso é ruim? Nem tanto. O maior problema para mim foi o fato de que eles não possuírem a Play Store, a lojinha presente no sistema. Pois é, a Nokia novamente insiste em fazer uma coisa própria e decidiu substituir pela Nokia Store. Tudo em busca de uns trocados a mais. O problema é que isso limita absurdamente a quantidade de aplicativos presentes no smartphone. Bola fora legal. Nem os aplicativos do Google como Google Maps e Gmail estão no aparelho.

Voltando aos aparelhos, eles serão mid-end, ficando entre os básicos da série Asha e os Lumias top de linha. O Nokia X e X+ são bem parecidos no geral, tendo tela de 4 polegadas (800 x 480), processador Dual Core Snapdragon de 1GHz, bateria removível de 1500 mAh, câmera de 3MP, 4GB de espaço interno, slot para microSD e dual chip. A única diferença é a memória: o X vem com 512MB e o X+ vem com 768MB. Uma diferença bem minúscula, eu diria, tanto que o valor deles difere em apenas 10 euros. Adivinha qual deverá ficar encalhado? O XL parece mais robusto mas no geral é o mesmo aparelho também. As configurações são as mesmas do X+, mas a bateria aumento para 2000 mAh e a tela passou a ser de 5 polegadas (com a mesma resolução da de 4).

Até o momento só foram revelados os preços europeus, mas já dá para ter uma ideia de quanto eles custarão por aqui. O Nokia X custará 89 euros, o X+ 99 euros e o XL 109 euros. Sinceramente, pela diferença mínima de preço eu pegaria o XL logo de cara. E tenho que admitir, os valores estão excelentes. Com esse preço dá para competir no mercado facilmente, mesmo sem ter a Play Store (o que eu diria que é o ponto mais negativo da nova série).

É bom ver a Nokia finalmente se enveredando pelo mundo do Android, mas para fazer desse jeito mais ou menos, talvez fosse melhor que se dedicasse ao Windows Phone. Mas enfim, é um começo, pelo menos. Só não quero ver reclamações depois se os celulares não venderem o que deveriam.

E vocês, o que acharam da nova série de celulares da Nokia? Veja a nossa opinião no TECNOetc Drops:

Alan Motta Cardoso
Alan Motta Cardoso
Tem Mestrado em Biologia Marinha mas atualmente trabalha com games e tecnologia. Pode isso, Arnaldo?
Recommended Posts
Showing 3 comments
pingbacks / trackbacks

Leave a Comment