Blackberry lança celular que não é dela

A empresa canadense lançou hoje um smartphone chinês da TCL.
Blackberry-Logo

Muitos, como eu, ainda esperam a volta por cima da canadense Blackberry. A empresa, creditada por muitos como responsável pela popularização de diversos conceitos que levaram aos atuais smartphones, finalmente começou sua nova jornada rumo ao topo com o lançamento de um novo smartphone intermediário rodando Android. Só tem um pequeno problema, o celular não é um Blackberry.

Assim como acontece com a finlandesa Nokia, a Blackberry apenas cedeu seu nome para que uma empresa chinesa, a TCL(Empresa-mãe da Alcatel), o usasse para impulsionar um produto em certos mercados em troca de parte dos lucros, diferente do que a empresa fez com o Blackberry Priv, que projetou e construiu sozinha.

(O tablet Nokia N1 é na verdade um tablet projetado e montado pela chinesa Foxcomm e sua única ligação com a finlandesa é o uso da marca)

(O tablet Nokia N1 é na verdade um tablet projetado e montado pela chinesa Foxcomm e sua única ligação com a finlandesa é o uso da marca)

O aparelho lançado em questão é o Blackberry DTEK50, uma versão da empresa canadense do aparelho chinês Alcatel Idol 4, que segue sem data de lançamento. Ambos os aparelhos, que na verdade são o mesmo, contam com uma tela de 5,2 polegadas com resolução Full HD(1080p), 3GB de memória RAM, 16GB de armazenamento interno expansível até 2 Terabytes através de um cartão microSD, um processador Snapdragon 617 e uma bateria de 2610mAh.

(Ambos os aparelhos tem a mesma aparência exceto pela traseira, que no DTEK50 foi refeita com o nome da Blackberry)

(Ambos os aparelhos tem a mesma aparência exceto pela traseira, que no DTEK50 foi refeita com o nome da Blackberry)

Para os fãs da canadense, as noticias não são de todo ruim pois a empresa assumiu o controle do software que roda no aparelho, logo, suas modificações no sistema lembram as vistas no último aparelho com o sistema da Gigante de Mountain View, o Blackberry Priv, como o teclado inteligente da empresa e o Blackberry Hub. É esperado também com isso o fim dos problemas com demora nas atualizações presentes nos modelos da Alcatel. Com certeza esse não foi o grande anuncio que os órfãos da canadense esperavam pois não era esperado que a empresa seguisse pelo mesmo caminho que a Nokia está sendo obrigada à seguir por questões contratuais.

O aparelho já está à venda no site oficial da canadense nos Estados Unidos em um bundle promocional que acompanha uma bateria externa capaz de recarregar o aparelho 4 vezes e meia. O preço oficial do bundle pelo site é de $299 mais taxas.

(As especificações podem ser conferidas na integra na página da canadense)

(As especificações podem ser conferidas na integra na página da canadense aqui)

Tanto o Blackberry DTEK50 e o Alcatel Idol 4 não tem data para chegar ao Brasil.

Matheus Oliveira
Matheus Oliveira
Serviço Social, Youtube e séries europeias. Escrevendo sobre tecnologia enquanto analiso e reverto a polaridade do fluxo de nêutrons. The Game is on, allons-y!
Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário