Xiaomi anuncia seus ultrabooks acessíveis

A nova aposta da Xiaomi são ultrabooks com um preço justo.

A chinesa Xiaomi fez sua fama por seguir tendencias do mundo da tecnologia com maestria e prezando por manter um preço acessível sem abrir mão de características Premium. Agora a empresa parece querer se expandir para diversos mercados como o de câmeras esportivas, drones e sua mais nova aposta: Ultrabooks.

Seu mais novo anuncio é sua primeira empreitada no mundo dos notebooks através do braço Tian Mi, divisão da Xiaomi responsável pelos computadores, para ser mais específico, pelos ultrabooks. O Xiaomi Mi Notebook Air é um ultrabook com características que lembram o Macbook da Apple mas se diferenciam em até R$10.000.

(Sua finura é impressionante se levarmos em consideração suas especificações)

(Sua finura é impressionante se levarmos em consideração suas especificações)

O computador, anunciado com duas opções de especificações de hardware, conta com um corpo em alumínio e especificações robustas pelo preço cobrado. O sistema operacional é o Windows 10.

(Seu design é elegante e sua carcaça é feita de alumínio)

(Seu design é elegante e sua carcaça é feita de alumínio)

Sua versão mais cara conta com um processador intel i5-6200U, placa gráfica Nvidia GeForce 940MX, um SSD de 256GB, uma tela de 13,3 polegadas com resolução 1080p, uma porta usb tipo-C que também é o carregador no ultrabook, duas portas USB 3.0, uma saída HDMI e uma porta de áudio padrão p2. Sua autonomia é de até 9,5 horas. O poder gráfico é capaz de rodar jogos como StarCraft II, DotA 2, League of Legends e Overwatch de maneira considerável.

(A tela do Mi Notebook Air impressiona)

(A tela do Mi Notebook Air impressiona)

Já a mais acessível se diferencia por contar com um processador Intel Core M3 com GPU integrada, um SSD com capacidade de 128GB de armazenamento, a ausência da porta usb tipo-c e uma autonomia de até 11,5 horas.

(O aparelho também pode ser encontrado na cor dourada, muito popular na China)

(O aparelho também pode ser encontrado na cor dourada, muito popular na China)

Os preços variam de $525 pela versão mais barata até $750 pela versão maior e mais potente.

Os ultrabooks tem lançamento previsto para o dia 2 de agosto e não tem previsão de chegarem ao Ocidente.

Matheus Oliveira
Matheus Oliveira
Serviço Social, Youtube e séries europeias. Escrevendo sobre tecnologia enquanto analiso e reverto a polaridade do fluxo de nêutrons. The Game is on, allons-y!
Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário