Waze sinalizará trajetos com criminalidade alta no Rio

Aplicativo promete não botar motoristas perdidos em furadas.

Logo_for_waze.svg

Com as Olimpíadas o fluxo de pessoas já cidade do Rio de Janeiro é cada vez maior e muitas dessas pessoas dependem do auxílio de programas de GPS como o Waze para se deslocarem e não conhecem a cidade tão bem assim.

Em nova atualização lançada nesta quarta feira o aplicativo ganhou uma função tanto quanto inusitada na cidade maravilhosa: a de mapear e evitar locais com altos índices de criminalidade além de sinalizá-los no mapa através de indicações visuais e sonoras.

O resultado obtido através do cruzamento de informações como caminhos que já são evitados pelos motoristas e dados do Disque-Denuncia já aponta trajetos mais seguros em 25 regiões do Rio de Janeiro.

(O aplicativo indicará se o seu destino se enquadra na categoria de criminalidade alta e só prosseguirá com a sua autorização)

(O aplicativo indicará se o seu destino se enquadra na categoria de criminalidade alta e só prosseguirá com a sua autorização)

A nova função é ativada automaticamente e se integra aos conhecidos avisos de rua esburacada, polícia no local ou congestionamento. É necessário informar também que a função não tem interação com o usuário e somente a equipe do aplicativo é capaz de analisar os dados para sinalizar vias consideradas “problemáticas”.

O responsável pelo Waze na América Latina, Paulo Cabral, afirmou que os editores de mapas estudavam como implementar a função desde antes da última edição da Copa do Mundo e falou dos desafios de mapear locais perigosos de forma não lesar visitas à comunidades pacificadas que possuem muito à ser visto pelos turistas. 

“Devido à geografia do Rio, é fácil se perder. Essa configuração dá a informação de antemão aos motoristas leigos na cidade, para que tenham a chance de contornar determinada rua caso desejem. Com o cruzamento de dados, nosso critério foi reunir as áreas com o maior histórico de criminalidade“

O Rio de Janeiro é a primeira cidade no mundo à contar com o recurso.

Matheus Oliveira
Matheus Oliveira
Serviço Social, Youtube e séries europeias. Escrevendo sobre tecnologia enquanto analiso e reverto a polaridade do fluxo de nêutrons. The Game is on, allons-y!
Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário