Connect with us

Hi, what are you looking for?

Destaque

O maior festival hacker da América Latina: Roadsec 2022 está de volta

O maior festival hacker da América Latina está de volta: Roadsec 2022 contará com participação de criador do vírus de disseminação mais rápida da história

O maior festival hacker da América Latina está de volta: Roadsec 2022 contará com participação de criador do vírus de disseminação mais rápida da história

Festival retorna presencialmente com programação de 14 horas que inclui final de campeonato hacker, música, atividades interativas, palestras e oportunidades para recrutamento tech.

O Roadsec, maior festival hacker da América Latina, retorna presencialmente em sua edição deste ano. Com expectativa de receber mais de 4 mil participantes, o evento, focado em conhecimento técnico, recrutamento tech e networking entre a comunidade hacker e empresas, vai acontecer no dia 09 de julho, na Arca, em São Paulo. O festival acontecerá ao longo de 14 horas, com a participação de 70 palestrantes e 108 sessões de atividades diversas, como oficinas interativas, painéis e hands-ons, distribuídas em nove palcos e sete eixos temáticos.

“Nosso DNA é de segurança, mas a nossa comunidade cresceu e já abrange diversos eixos da tecnologia”, define Anderson Ramos, CEO da Flipside e idealizador do evento. “Teremos a presença de desenvolvedores, makers e fazedores em geral, além de ativistas, advogados, jornalistas, cientistas e empreendedores”, completa.

O festival é também o espaço ideal para que empresas possam localizar novos talentos da área e recrutá-los à suas equipes. Desse modo, as marcas podem se posicionar como empregadoras diante de um público variado e talentoso que busca, justamente, iniciar a carreira em empresas relevantes do setor tech.

Para Ramos, é importante entender o que significa “hacker” atualmente. “A palavra hacker foi originalmente usada para descrever programadores brilhantes, além de uma cultura de compartilhamento de conhecimento, acesso a códigos fonte, e meritocracia técnica que se criou em torno deles”, explica. “O Roadsec faz questão de fazer parte da mudança e abrangência dessa definição; toda ciência que se preza é hacking. É mão na massa, é experimentação, é a busca para resolução de problemas reais e urgentes e pelo entendimento de como estamos moldando a tecnologia e como ela nos molda em troca”, destaca ele.

Hackers éticos e não éticos estão presentes em diversas vertentes do mercado, não só na segurança da informação. “Um hacker não fica mais limitado em uma área específica da tecnologia, mas está presente em todas as suas vertentes, em diferentes formas e com variadas ideologias, como o ativismo, o direito, a antropologia e a ciência no geral. O Roadsec continua a se modificar para receber todas”, esclarece o idealizador do festival.

Programação

O Roadsec contará com a participação de empresas que investem e se interessam pela comunidade tech como C6 Bank, Bitso, VTEX, BTG e SANS Institute, e empresas palestrantes entre elas ThoughtWorks Brasil, Apple, Luizalabs, Conta Simples e Globo que se estabelecem como marcas empregadoras na área, com o objetivo de recrutar novos nomes para o mercado no evento.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Entre uma palestra e outra, os participantes poderão interagir na toy machine do C6 Bank ou hackear uma choppeira no estande montado pelo BTG. Para aqueles que desejam um desafio mais complexo, o Roadsec 2022 terá um carro modelo Defender, que poderá ser hackeado pelos desafiantes. A programação inclui, ainda, a final do #HFBR22, campeonato hacker realizado pelo Hackaflag, em que 12 jogadores têm 6 horas para resolver o máximo de falhas de segurança em sistemas de empresas reais. O primeiro colocado receberá o prêmio de R$50 mil. Além disso, o Roadsec será palco para apresentações do rapper Edgar – Ultraleve e DJs da própria comunidade.

Samy Kamkar, lenda do setor, se destaca como um dos keynotes do evento. Pesquisador de Cyber Security, ativista e criador do MySpace Worm, o vírus de disseminação mais rápida da história, Kamkar criou também o drone SkyJack, capaz de sequestrar e controlar outros drones por meio de rede wireless. Sua palestra “O futuro da exploração – o mundo é um lugar lindo” deve abordar as questões matemáticas e físicas encontradas na natureza ao nosso redor, e que devem ser exploradas por meio de tecnologias de baixo custo que ainda irão surgir.

Ao longo do dia, o público poderá acompanhar diversas palestras nos palcos temáticos distribuídos pelo espaço, que incluem: Ataque, eixo que retrata o ato de achar falhas de segurança em sistemas; Defesa, que irá focar em como proteger todo o cenário cibernético e evitar que o ataque aconteça; Front End, espaço direcionado à interface interativa e apresentável do sistema ou site; Back End, eixo que irá abordar a arquitetura de um software e o desempenho do sistema; e Hardware, voltado àqueles que projetam hardwares, DIY, makers, IoT, radio phreakers e wearables.

O festival também contará com eixos sobre Cloud, que deve apresentar ferramentas, tecnologias de segurança e privacidade, e metodologias para aprimorar o uso do serviço; .e Data Science, que irá abordar assuntos de Machine Learning, Big Data, ética dos dados, tecnologias e técnicas que auxiliam o trabalho diário. “Cada eixo representa uma trilha de carreira que os participantes já estão, desejam seguir ou têm vontade de conhecer melhor”, afirma o idealizador do evento.

Em cada trilha, referências do mercado irão gerar debates sobre a área que vão representar, como Jessica Temporal, Senior Developer Advocate na Auth0, co-fundadora e co-host do podcast Pizza de Dados, primeiro podcast brasileiro sobre ciência de dados; Diego Collector, especialista em neurociência, e criador de conteúdo para defesa pessoal; Diogo Pé, criador do Galinha Programadora e do Programadores Brasil, e Jakeliny Gracielly, Web Developer e Educator na Rocketseat e facilitadora de hackathons na Shawee, contribui com conteúdos gratuitos em comunidades de tecnologia desde 2018.

Especialistas em Segurança Ofensiva, Desenvolvedores e Engenheiros de Software estarão disponíveis para conversar com os participantes e tirar suas dúvidas após as palestras.

A temática do ano e as artes do evento

A cada Roadsec é lançada uma ilustração que representa o universo do evento e conduz toda comunicação visual ao longo do ano. Desta forma, todo o ambiente tecnológico é explorado, mas sempre adaptado à realidade brasileira, com sua diversidade de pessoas e paisagens.

A inspiração de 2022 é imaginar realidades cyberpunk, com uma pitada de brasilidade. O artista João Antunes Jr. (@antunesketch_) é o responsável pelas ilustrações, que trazem referências da estética asiática e personagens que possuem representatividade PCD. A identidade do evento foi desenvolvida por Paulo Sica (@paulosica) inspirada na remasterização 4K de Akira.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Roadsec 2022

Data e horário: 09 de julho de 2022, a partir das 09h

Local: Arca (Av. Manuel Bandeira, 360. Vila Leopoldina, São Paulo – SP)

Ingressos: https://bit.ly/3HQJ5L0

Mais detalhes: https://www.roadsec.com.br

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Notícias

Confirmada a presença da Sonic Symphony na Brasil Game Show 2022!

Destaque

Inaugurando 2017, aproveitamos o sugestivo número do episódio para falar sobre espionagem. Desde os gadget utilizados por famosos agentes do mundo do cinema até...

Destaque

Aproveitando a vibe do Halloween, decidimos falar de um assunto sempre polêmico e envolto em mistério: A Deep Web! O que é? Como eu...

Destaque

O Aeroporto de Guarulhos receberá uma loja da Fnac que venderá todos os seus produtos completamente livre de impostos! Seria esse o paraíso do...

Advertisement